Sustentabilidade e Projetos Sociais

A JHSF apoia e realiza diversas medidas voltadas aos cidadãos dos municípios que receberão influência direta do empreendimento. Desde o início do projeto, se comprometeu com a valorização, conservação e defesa do meio ambiente, considerando os princípios do desenvolvimento sustentável, para viabilizar o São Paulo Catarina Aeroporto Executivo.

O empreendimento recebeu parecer favorável do Conselho Estadual do Meio Ambiente (Consema), órgão da Secretaria do Meio Ambiente do Estado de São Paulo, e obteve a Licença Ambiental (LI) concedida pela Companhia Ambiental do Estado de São Paulo (Cetesb), comprovando que o projeto cumpre rigorosamente todas as exigências relativas ao meio ambiente.

Entre os compromissos firmados vale destacar o programa de preservação da flora e fauna na área onde está sendo construído o aeroporto executivo, no município de São Roque.

Do total dos 7 milhões de metros quadrados, a companhia criou uma área de preservação ambiental equivalente a 30%, onde está sendo executado um projeto de enriquecimento de vegetação com diversas espécies, inclusive nativas. A empresa também assumiu o compromisso de desenvolver outras iniciativas, como os programas de Monitoramento de Fauna, Resíduos Sólidos, Qualidade do Ar, entre outros, sempre com objetivo de melhorar a qualidade de vida da região.

No campo social, a JHSF financia uma biblioteca comunitária, iniciativa do Instituto Ecofuturo. Além disso, o aeroporto executivo fomentará os negócios e o comércio da região, além de ser um importante fator de geração de empregos. A empresa também apoia a realização de cursos profissionalizantes que irão capacitar pessoas para trabalharem no empreendimento, gerando renda e trabalho para a região.

  • Biblioteca Comunitária
    Em parceria com a prefeitura de São Roque e o Instituto Ecofuturo, a JHSF apoia o acesso a livros e leitura por meio do Projeto Bibliotecas Comunitárias Ler é Preciso, importante ferramenta de promoção da educação e cultura. A empresa assinou termo de compromisso na qualidade de patrocinadora para instalação, manutenção e gerenciamento. A biblioteca, que tem 127,5 m² de área construída, está à disposição de toda a comunidade e seu acervo já reúne mais de mil livros.
  • Plano de Capacitação da mão de obra local
    Com o objetivo de aproveitar a mão de obra local para a construção e operação do empreendimento Catarina, o que evita o deslocamento populacional e contribui para a geração de emprego e renda na região do complexo, a JHSF estruturou planos de capacitação através do PAT – Posto de Apoio ao Trabalhador, que tem parceria com o SENAI, SENAC e outras instituições. Com foco em localidades consideradas mais vulneráveis, como os bairros Mombaça e Dona Catarina, em São Roque, a JHSF prevê criar 1.360 postos de trabalho na fase de implantação do Catarina Fashion Outlet. As vagas serão preenchidas, preferencialmente, com pessoal local, de São Roque e Mairinque.
  • Portais Turísticos com monitoramento de segurança
    Para garantir mais segurança à comunidade, a JHSF, em parceria com a prefeitura de São Roque, apoia a construção de Portais Turísticos em três pontos estratégicos do bairro do Saboó. Os portais serão equipados com câmeras de vigilância para combater a criminalidade e monitorar a entrada e saída de moradores e visitantes.
  • Preservação do Meio Ambiente
    A construção dos Portais Turísticos nas principais entradas do bairro do Saboó também será de grande importância para a preservação ecológica do Morro do Saboó e entornos. A iniciativa, que conta com o apoio da JHSF e da prefeitura de São Roque, visa delimitar a área turística do local e evitar a degradação ambiental. Limitando, inclusive, o acesso de veículo de grande porte restringindo a carga/peso permitida.
  • Regularização fundiária
    Com o intuito de evitar a formação de novos loteamentos irregulares nos bairros de Saboó e Mombaça, a JHSF e a prefeitura de São Roque estudam a introdução de medidas preventivas na região. Uma das propostas analisadas é a contratação de profissionais especializados para implantar os procedimentos legais necessários e, ainda, ampliar a fiscalização nas localidades.